Seguidores

Pesquisar este blog

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Qual a diferença entre corpo, alma e espírito?

O Catecismo da Igreja Católica trata sobre o assunto ao falar sobre a Profissão da Fé Cristã entre os números 362 e 367:

"II. «Corpore et anima unus» – Unidade de corpo e alma

362. A pessoa humana, criada à imagem de Deus, é um ser ao mesmo tempo corporal e espiritual. A narrativa bíblica exprime esta realidade numa linguagem simbólica, quando afirma que «Deus formou o homem com o pó da terra, insuflou-lhe pelas narinas um sopro de vida, e o homem tornou-se num ser vivo» (Gn 2, 7). O homem, no seu ser total, foi, portanto, querido por Deus.
363. Muitas vezes, a palavra alma designa, nas Sagradas Escrituras, a vida humana (226), ou a pessoa humana no seu todo (227). Mas designa também o que há de mais íntimo no homem (228) e de maior valor na sua pessoa (229), aquilo que particularmente faz dele imagem de Deus: «alma» significa o princípio espiritual no homem.
364. O corpo do homem participa na dignidade da «imagem de Deus»: é corpo humano precisamente por ser animado pela alma espiritual, e a pessoa humana na sua totalidade é que é destinada a tornar-se, no Corpo (Místico) de Cristo, templo do Espírito (230):
«Corpo e alma, mas realmente uno, o homem, na sua condição corporal, reúne em si mesmo os elementos do mundo material, que assim nele encontram a sua consumação e nele podem louvar Livremente o seu Criador. Por isso, não é lícito ao homem menosprezar a vida do corpo. Pelo contrário, deve estimar e respeitar o seu corpo, que foi criado por Deus e que há-de ressuscitar no último dia» (231).
365. A unidade da alma e do corpo é tão profunda que se deve considerar a alma como a «forma» do corpo (232); quer dizer, é graças à alma espiritual que o corpo, constituído de matéria, é um corpo humano e vivo. No homem, o espírito e a matéria não são duas naturezas unidas, mas a sua união forma uma única natureza.
366. A Igreja ensina que cada alma espiritual é criada por Deus de modo imediato (233) e não produzida pelos pais; e que é imortal (234), isto é, não morre quando, na morte, se separa do corpo; e que se unirá de novo ao corpo na ressurreição final.
367. Encontra-se às vezes uma distinção entre alma e espírito. São Paulo, por exemplo, ora para que «todo o nosso ser, o espírito, a alma e o corpo», seja guardado sem mancha até à vinda do Senhor (1 Ts 5, 23). A Igreja ensina que esta distinção não introduz uma dualidade na alma (235), «Espírito» significa que o homem é ordenado, desde a sua criação, para o seu fim sobrenatural (236), e que a alma é capaz de ser gratuitamente sobreelevada até à comunhão com Deus (237).
368. A tradição espiritual da Igreja insiste também no coração,no sentido bíblico de «fundo do ser» («nas entranhas»: Jr 31, 33) em que a pessoa se decide ou não por Deus (238)."

Veja a explicação que o pe. Paulo Ricardo nos dá e a resposta para essa pergunta



Fonte: Christo Nihil Praeponere

Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

Um comentário:

  1. SALVE JESUS E MARIA!
    PAZ E BEM!
    PEÇO, HUMILDEMENTE, QUE DIVULGUE A COMUNIDADE "SÃO BENTO-O PRIMEIRO EXORCISTA". 
    O LINK É  https://plus.google.com/u/0/communities/109760843432948252241

    E, DESDE JÁ, FAÇO-LHE O CONVITE PARA UNIR-SE A NÓS!

    CRIEI ESTA COMUNIDADE COM O OBJETIVO DE SOMARMOS A NOSSA FÉ EM SÃO BENTO. QUEM PUDER COMPARTILHAR, EU AGRADEÇO.
    "ORAI E VIGIAI", POIS O PREÇO DA LIBERDADE É A ETERNA VIGILÂNCIA. A LUTA É GRANDE E SÃO POUCOS OS QUE COMPARECEM NO CAMPO DE BATALHA!
    SALVE JESUS!
    SALVE MARIA!
    SALVE SÃO BENTO!

    Fraternalmente,
    Professor Alex Swander

    ResponderExcluir

Comentário sujeito a moderação.
Perguntas podem ser respondidas em novas postagens, para saber, clique no Marcador: "Respostas"
Que Deus os abençõe.
Obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...