Seguidores

Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Um espírita é ou não um cristão?

O Cristão é aquela pessoa que:

a) Crer que Jesus Cristo É Deus (e não espírito guia);
b) Crer que Jesus se fez homem (e não é uma encarnação de um espírito guia);
c) Crer que Jesus Cristo ressuscitou dos mortos, verdadeiramente, com o corpo glorioso (e não que Jesus morreu e somente o seu espírito apareceu).

E aí? Você acha que o espírita pode ser considerado um Cristão?

Vejam o vídeo onde o pe. Paulo Ricardo fala do assunto:




Fonte: Christo Nihil Praeponere

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Elegância, Modéstia, Modernidade e Jovialidade aos 50 anos!

Ultimamente o que vem chamando a minha atenção é a elegância modesta de Fátima Bernardes no seu programa Encontro.

Fátima vem surpreendendo com peças de roupa cada dia mais bonitas, elegantes, modernas, modestas e femininas. Belo exemplo para as mulheres, em qualquer idade, mormente, para aquelas que passaram dos 40 anos e querem parecer nova - nem que para isso precisem vestir a roupa de suas filhas de 20 anos ou menos (como mini saia) -, vejam como é possível parecer jovem e moderna sem deixar a modéstia de lado. E temos aqui, também, ótimos modelos para usarmos quando formos na Santa Missa (bem como, para trabalhar, passear, etc).

Aqui ela usa um vestido de tricô

 Saia com barra tom sobre tom e com uma faixa preta entre os tons de azul e camisa preta (adorei essa saia)

Clássico preto e branco e detalhe para o sapato azul

Essa saia é de chamois (couro leve a aveludado) e camisa de seda

Vestido de renda retro com saia rodada e cinto com fivela esmaltada que confere modernidade ao look

Camisa de seda e saia ligeiramente evasê e que se abre em forma de A

Vestido acinturado azul royal com saia de nesgas

Vestido vermelho rodado - ar vintage e saia godê (estilo lady like, inspirado nos anos 40)

Camisa social de seda e saia mullet (midi - modesta)

Vestido azul marinho estampado com pássaros na cor rosa

Vestido roxo com gola de pedraria (adorei o vestido quando vi, só não gostei da transparencia que deixa aparecer o sutiã)

Fonte: Globo

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

segunda-feira, 23 de julho de 2012

É possível receber a comunhão em uma Igreja Ortodoxa?

Devemos lembrar que a Igreja Ortodoxa é a igreja oriental que não está em comunhão plena com a Igreja Católica.

O Código de Direito Canônico ensina que no Can 844, parágrafo segundo que:

Sempre que a necessidade o exigir ou verdadeira utilidade espiritual o aconselhar, e contanto que se evite o perigo de erro ou indiferentismo, é lícito aos fiéis, a quem for física ou moralmente impossível dirigir-se a um ministro católico, receber os sacramentos da penitência, Eucaristia e unção dos enfermos de ministros não-católicos, em cuja Igreja os ditos sacramentos existem validamente.

Não podemos confundir a Igreja Ortodoxa com a Igreja Católica de rito oriental, onde é possível, tranquilamente, receber os sacramentos sem qualquer problema ou condição.

Também não podemos achar que é possível receber os sacramentos em toda e qualquer Igreja uma vez que o canon se reporta as igrejas onde os sacramentos existem validade, assim sendo, não podemos receber os sacramentos nas igrejas evangélicas e protestantes uma vez que nessas igrejas os sacramentos não são válidos, pois não há sucessão apostólica.

Veja o vídeo onde o pe. Paulo Ricardo fala mais sobre esse assunto, sobre a Igreja Ortodoxa e suas diferenças e semelhanças com a Igreja Católica e sobre o fato de um sacerdote católico poder ou não ministrar os sacramentos a um fiel ortodoxo:



"O problema da participação no culto e nos sacramentos de fiéis de diversas confissões cristãs, que no Código de 1977 recebia o nome de communicatio in sacris, é um dos pontos mais difíceis dentro do movimento ecumênico. (...) Seguindo as linhas traçadas pelo Diretório Ecumênico, o novo Código faz uma distinção nítida entre membros das Igrejas orientais que não estão em plena comunhão com a Igreja católica e cristãos de outras confissões. Para admitir os orientais aos três sacramentos enumerados neste cânon, basta que "os peçam espontaneamente e estejam devidamente dispostos". Para os outros cristãos não-católicos, exige-se ainda que "urja uma necessidade grave", que não possam achegar-se a um ministro de sua comunidade e "manifestem, em relação a esse sacramentos, uma fé conforme com a fé católica".

Fonte: Christo Nihil Praeponere e Código de Direito Canônico

Santa Brígida, rogai por nós!

Jesus Está no Chão!

Meu Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos.
Peço-Vos perdão para os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam!


Jesus Hóstia Santa, ensinai-nos a te receber dignamente!

domingo, 22 de julho de 2012

Um católico pode se masturbar para fazer doação de esperma?

A resposta para essa pergunta é:

a) NÃO - se pode masturbar;
b) NÃO - se pode fazer fecundação artificial;
c) NÃO - se pode fazer a fecundação heteróloga.

Veja o vídeo onde o pe. Paulo Ricardo explica sobre cada NÃO.



E para quem ainda tem dúvida ou ficou curioso sobre o que a Igreja Católica ensina sobre o assunto é só clicar em Donum Vitae e Dignitates Persona.


Nossa Senhora de Fátima, rogai por nós!

sábado, 21 de julho de 2012

Looks Modestos da Semana!





Elegantes e modestas, sem parecer velha!

Looks perfeitos para usar quando for na Igreja (para a Santa Missa, no batizado, na crisma, primeira comunhão), bem como, para ir trabalhar e sair de noite.

Atenção para o tamanho da saia/vestido (mormente nas duas últimas fotos) para não subir muito quando sentar e ficar desconfortável (a mulher ficar puxando como se a saia/vestido fosse aumentar) e deselegante.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

quarta-feira, 18 de julho de 2012

Vários Métodos para Assistir à Santa Missa

O desígnio exclusivo do presente opúsculo é levar aqueles que o quiserem ler, a adotar com fervor um método de assistir à Santa Missa, conforme vou expor.
Como, porém, muitas maneiras de assistir à Missa, todas louváveis e santas, têm sido ensinadas até hoje, não tenho a intenção de impor-vos a minha.
Deixo-vos, portanto, a liberdade de escolher aquele modo que mais vos agradar e vos parecer mais conforme à vossa devoção e capacidade, e farei junto de vós apenas o ofício de Anjo da guarda, propondo-vos o método mais frutuoso, quero dizer, o que, a meu humilde julgamento, poderá ser para vós mais vantajoso e fácil. Neste fim, distinguimos três classes de métodos.
O primeiro é o das pessoas que, de livro à mão, seguem atentamente todas as ações do sacerdote, a cada uma recitam outra prece vocal que lêem no livro, e assim passam todo o tempo da Missa a ler. Não há dúvida que, se a essa leitura se junta a meditação dos grandes mistérios, é uma excelente maneira de assistir ao Santo Sacrifício; e produz também grandes frutos.
Visto, porém, exigir atenção excessiva, pois é necessário seguir todas as cerimônias que o sacerdote efetua, e em seguida dirigir os olhos ao livro para aí ler a oração correspondente, torna-se uma prática algo fatigante, na qual poucas pessoas, creio, hão de persistir, dada a fraqueza do nosso espírito que se enfada facilmente de refletir sobre tantas ações diversas que o sacerdote executa no altar. Enfim, aquele que se acha bem assim e tira proveito espiritual, continue a seguir este sistema; pois à prática tão laboriosa não faltará uma recompensa da parte de DEUS.
A segunda maneira de assistir à Santa Missa é a das pessoas que não se servem de livros e não lêem absolutamente nada durante todo o tempo do santo Sacrifício, mas que, com viva fé, fixam os olhos da alma em JESUS crucificado, e, apoiados na árvore da Cruz, dela recolhem os frutos por meio de doce contemplação. Passam todo esse tempo em piedoso recolhimento interior e na consideração dos sagrados mistérios da Paixão de JESUS CRISTO, que são não somente representados, mas místicamente reproduzidos na Santa Missa.
É certo que estas pessoas, mantendo suas almas assim recolhidas em DEUS, exercem atos heróicos de Fé, de Esperança e de Caridade e de outras virtudes, e não há dúvida que esta maneira de assistir à Missa é muito mais perfeita que a primeira, e também mais doce e mais suave, como atesta a experiência de um bom irmão converso.
Costumava ele dizer que, ao assistir à Santa Missa, não lia mais que três letras: a primeira, negra, era a consideração de seus pecados que lhe produziam confusão e arrependimento, e ocupava-o desde o começo até ao ofertório. A segunda era vermelha: a meditação da Paixão de CRISTO, na qual considerava o preciosíssimo Sangue que JESUS derramou por nós no Calvário, sofrendo morte tão cruel; nisto se entretinha até à Comunhão.
A terceira letra era a branca pois enquanto o sacerdote comungava, ele se unia a JESUS pela comunhão espiritual, ficando, em seguida, todo absorto em DEUS, contemplando a glória eterna que esperava como fruto do divino Sacrifício. Esse homem simples assistia à Santa Missa com grande perfeição e quisera eu que todos aprendessem dele tão alta sabedoria.

Fonte: As Excelências da Santa Missa

Jesus Hóstia Santa, tende misericórdia de nós!

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Vídeo da Missa Tridentina na Canção Nova

Ontem, 15 de Julho de 2012, o pe. Demétrio celebrou na Comunidade Canção Nova a Santa Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano ou Missa Tridentina. Infelizmente ela não foi transmitida ao vivo pela TV, porém, foi filmada e quem quiser assistir eis o vídeo:



Nossa Senhora do Monte Carmelo, rogai por nós, que recorremos a Vós!

Nossa Senhora do Carmo - 16 de Julho


No cenário exuberante e poético da Galiléia, num pequeno promontório sobre o Mar Mediterrâneo destaca-se o Monte Carmelo, refúgio de muitos varões santos que, no Antigo Testamento, se retiravam àquele lugar isolado para rezar pela vinda do Divino Salvador.
Mas nenhum destes santos impregnou de tanta virtude aquelas rochas abençoadas quanto Santo Elias.
Quando este profeta de zelo ardente para aí se retirou, por volta do século IX antes da Encarnação do Filho de Deus, havia três anos que uma implacável estiagem encerrava os céus da Palestina, punindo a infidelidade dos hebreus para com Deus. Enquanto rezava com fervor, pedindo que o castigo fosse aliviado pelos méritos dAquele Redentor que haveria de vir, Elias enviou o seu servo ao cume do monte, ordenando-lhe: "Vai, e olha para o lado do mar"... Mas o servo nada viu. E, descendo, disse: "Não há nada". Confiante, o Profeta fê-lo retomar sete vezes a infrutuosa escalada. Por fim, o servo retornou, dizendo: "Vejo uma nuvenzinha do tamanho da pegada de um homem". De fato, a nuvem era tão pequena e diáfana que parecia destinada a desaparecer ao primeiro sopro dos abrasados ventos do deserto. Mas não, pouco a pouco cresceu, alargou-se no céu até cobrir todo o horizonte e fez precipitar-se sobre a terra uma abundante chuva. Foi, naquele momento, a salvação do povo de Deus.
Em sua contemplação, Elias entendeu que aquela pequena nuvem era uma figura da humilde Maria, cujos méritos e virtudes excederiam os de todo o gênero humano, atraindo para os pecadores o perdão e a Redenção. Com 700 anos de antedecência, o Profeta havia vislumbrado o papel mediador da Mãe do Messias esperado. E tornou-se, por assim dizer, o seu primeiro devoto sobre a terra.
O fervor mariano de Santo Elias não desapareceu quando este foi arrebatado ao céu por um carro de fogo. Uma bela tradição diz-nos que sempre houve no Monte Carmelo eremitas que ali viveram, rezando e pregando aos peregrinos. Mas viviam isolados, sem qualquer regra fixa.
Por volta do Século IV houve uma transformação. Quando começaram a aparecer os primeiros cenobitas, alguns acorreram para as encostas do Monte Carmelo com o desejo de viver em comunidade, buscando conservar o espírito de Santo Elias e transmiti-lo de geração em geração até o fim do mundo. Ainda hoje se vê nas encostas rochosas as ruínas de uma pequena ermida que ali edificaram.
Por volta do Século XII, um grupo de novas vocações, desta vez vindas do Ocidente no grande movimento das Cruzadas, acrescentou renovado fervor à antiga família de almas. Logo se edificou uma pequena igreja onde a comunidade se entregava à vida de oração, e em torno dela viviam tendo tudo em comum. Pode-se dizer que simbolicamente a pequena "nuvenzinha" já havia crescido e fazia chover sobre a terra abundantes graças.
Com esse florescimento, porém, tornava-se necessária uma vida mais disciplinada. Em 1225, uma delegação da Ordem dirigiu-se a Roma para pedir à Santa Sé a aprovação de uma Regra, que foi efetivamente concedida pelo Papa Onório III em 1226.

O Carmelo é cantado na Bíblia por sua beleza. Sobre este monte o profeta Elias defendera a pureza da fé israelítica no Deus vivo. A "Memória" de hoje foi instituída para recordar a data em que, segundo as tradições carmelitas, o primeiro geral da Ordem, são Simão Stock, recebeu das mãos de Maria o "escapulário" com a promessa de eterna salvação. Maria Imaculada, em Lourdes, escolheu o dia 16 de julho para a última saudação a Bernadete. Maria é o ideal puríssimo da vida religiosa.

Liturgia

I Leitura Zc 2, 14-17
Leitura da Profecia de Zacarias
"Rejubila, alegra-te, cidade de Sião, eis que venho para habitar no meio de ti, diz o Senhor. Muitas nações se aproximarão do Senhor, naquele dia, e serão o seu povo. Habitarei no meio de ti, e saberás que o Senhor dos exércitos me enviou a ti. O Senhor entrará em posse de Judá, como sua porção na terra santa, e escolherá de novo Jerusalém. Emudeça todo o mortal diante do Senhor, ele acaba de levantar-se de sua santa habitação".
Palavra do Senhor.
Graças a Deus.

Salmo Lc 1, 46-47

R. O Senhor fez por mim maravilhas,
e Santo é o seu nome.

- A minh'alma engrandece ao Senhor,
e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador,
pois, ele viu a pequenez de sua serva,
desde agora as gerações hão de chamar-me bendita. R

- O Poderoso fez por mim maravilhas
e Santo é o seu nome!
Seu amor, de geração em geração,
chega a todos que o respeitam. R.

- Demonstrou o poder de seu braço,
dispersou os orgulhosos. 
Derrubou os poderosos de seus tronos 
e os humildes exaltou.
De bens saciou os famintos 
e despediu, sem nada, os ricos. R

- Acolheu Israel, seu servidor,
fiel ao seu amor,
como havia prometido aos nossos pais,
em favor de Abraão e de seus filhos para sempre. R.

Evangelho Mt 12, 46-50
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus
Naquele tempo, enquanto Jesus estava falando às multidões, sua mãe e seus irmãos ficaram do lado de fora, procurando falar com ele. Alguém disse a Jesus: "Olha! Tua mãe e teus irmãos estão aí fora, e querem falar contigo". Jesus perguntou àquele que tinha falado: "Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?" E, estendendo a mão para os discípulos, Jesus disse: "Eis minha mãe e meus irmãos. Pois todo aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe."
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.

Para ver a Novena a Nossa Senhora do Carmo clique AQUI.

Fonte:  O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo (TFP) e Missal Cotidiano

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

domingo, 15 de julho de 2012

#CNtransmitaMissaTridentina


Hoje, às 19:30hs, será celebrada a Santa Missa na forma extraordinária do Rito Romano na TV Canção Nova, celebrada pelo padre Demétrio, porém, a informação que temos é que, infelizmente, não será transmitida ao vivo. Abrace essa campanha para que a CN transmita a Santa Missa tridentina!

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

São Boaventura - 15 de Julho


João Fidanza nasceu em Viterbo em 1218. Entrando para os franciscanos, estudou filosofia e teologia em Paris, onde foi professor por longo tempo. Eleito superior geral de sua ordem, organizou-a e dirigiu-a sabiamente, a ponto de ser chamado "segundo fundador e pai". Francisco, de fato, não deixara nenhuma constituição precisa. Para tê-lo perto de Roma, o papa nomeou-o bispo de Albano e cardeal, encarregando-o de preparar o II Concílio Ecumênico de Lião, para a união dos cristãos latinos e gregos. Sua teologia, agostiniana de espírito e de princípios, é fortemente cristocêntrica, tornando-o capaz de compreender profundamente a teologia oriental. Aberto o Concilio a 7 de maio de 1274, chegaram a 28 de junho a um acordo para a união (rompido cedo demais), mas a 15 de julho morria Boaventura, assistido pelo papa Gregório X. Além de prático e especulativo, rico de sentimento, era também grande contemplativo e místico. Foi por isso honrado com o título de "Doutor seráfico".

Liturgia

I Leitura Ef 3, 14-19
Salmo 118
Evangelho Mt 23, 8-12

Fonte: Missal Cotidiano

São Boaventura, rogai por nós!

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Gambás e Alcatras


Colunista: Carlos Ramalhete

Gambá é um bicho que é muito atropelado. Não é difícil entender o porquê, quando se os vê atravessando a estrada, rebolando e jogando aquele rabão feio e pelado de um lado para o outro. Carcaça de gambá atropelado é uma dessas coisas que só urubu pode achar apetitoso, mas que são frequentes o suficiente para que quem viaja muito sempre as veja.
Em ambientes controlados, refrigerados e limpos, vemos outro tipo de carcaça animal: belas peças de alcatra e picanha, penduradas nas vitrines dos açougues. Tão bonitas que acho que o urubu iria demorar para entender que é para comer.
O problema começa quando o tratamento dado às alcatras começa a ser estendido a seres humanos, como fazem os muitos homens que tratam as mulheres como coisa, como peças de carne expostas em açougues. É um problema sério, que só pode ser combatido fazendo com que eles percebam que elas são muito mais que peças de carne. Reafirmando a sempre existente dignidade feminina que eles negam.
Infelizmente, há quem ache que a solução é passar de alcatra a carcaça de gambá atropelado. Como triste exemplo, sábado teremos uma passeata de carcaças de gambá em Curitiba, quando a edição local da “Marcha das Vadias” vai tentar desfazer o que resta de respeito à dignidade feminina, com direito a senhoras seminuas, com frases de efeito rabiscadas pelo corpo, berrando como almas penadas e assustando as crianças, os cachorros e mesmo algum gambá ou urubu perdido na cidade.
O equivalente masculino talvez fosse uma passeata de barrigudos de cuecas, com o controle remoto numa mão e a latinha de cerveja na outra, arrotando e coçando as partes, como forma de protesto contra a falta de reconhecimento da dignidade masculina. E, mesmo assim, seria um mal menor que a “Marcha das Vadias”, porque a dignidade feminina é infinitamente maior que a masculina. Sua negação – em grau menor pelos donjuans de porta de botequim e em dose máxima pelas vadias urrantes – é um atentado maior que a da masculina, por ser mais digno o alvo do atentado.
Costumo dizer que o feminismo tirou a mulher do pedestal e a arrastou para o açougue; as “vadias”, querendo ser carcaças de gambás atropelados, são apenas a versão já farsesca do mesmo erro fundamental de querer fazer a mulher descer ao nível do homem, achando que isto seria uma forma de melhorar sua situação social. A imbecilidade machista deve ser combatida pela afirmação da dignidade e da capacidade feminina, não pela imitação do pior do sexo masculino.
Nem alcatra, nem gambá: mulher.


Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

quinta-feira, 12 de julho de 2012

Bispo espanhol faz apelo para que fiéis se trajem com decoro em missa


Solsona (Quarta-feira, 11-07-2012, Gaudium Press) O bispo de Solsona - e o mais jovem da Espanha, com 43 anos de idade -, Dom Xavier Novell Gomá, fez recentemente um pedido aos fiéis de sua diocese. Falando especialmente às mulheres, o prelado solicitou que se vestissem com decoro a assistir à Missa. O prelado explicou que a Igreja é um lugar sagrado, e que não é adequado frequentá-la com "vestimenta extrema".

O pedido do bispo foi motivado por três garotas que, durante uma missa, receberam o Sacramento da Confirmação (Crisma) vestidas com minissaia. Na ocasião, concluída a Eucaristia, Dom Xavier falou com as meninas, explicando a elas que a vestimenta era inadequada para o momento.

Em seu pedido aos fiés, o bispo lamentou o fato de que na Espanha, diferentemente de outros países, não seja estipulado que não se possa entrar à Igreja "como se fôssemos à praia ou a qualquer outro lugar". Segundo o prelado, na Espanha, "não nos atrevemos a dizê-lo porque se o fazemos parece que saímos das catacumbas da época franquista, apesar de que, se nos vestimos adequadamente, todos ficamos mais cômodos".

Conforme Dom Xavier, com a chamada de atenção, ele quis apenas "fazer entender com pedagogia e delicadeza" às mulheres a iportância de se vestir com pudor, sobretudo ao assistir a uma celebração eucarística.

Esta não é a primeira vez que o bispo de Solsona advertes os fiéis diocesanos acerca do respeito e da reverência que se deve ter quando se vai à Igreja. Em outras ocasiões, o prelado já pediu aos fíes que se "tapassem" quando observou que eles não se vestiam de maneira apropriada.
Com informações da da ACI e da EWTN Notícias.


Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

São Bento, abade - Dia 11 de Julho


Hoje a Igreja Católica lembra São Bento. A vida do "pai do monaquismo ocidental" é conhecida por nós através dos Diálogos de são Gregório Magno. Tendo abandonado o "mundo" o jovem Bento fez primeiro experiências de vida "eremítica" (solitária); posteriormente, após a trágica experiência de reformar monges em Vicovaro (tentaram envenená-lo), passou a Subiaco. Expulso de lá, dirigiu-se a Montecassino, onde iniciou a vida "cenobítica" (comunitária) e escreveu a célebre "Regra" monástica. Esta funde em bela harmonia a experiência ascética dos orientais (especialmente de Basílio), a sabedoria romana, o espírito e sabedoria evangélica. Une oração e trabalho ("ora et labora"), quer manual, quer intelectual, sob a orientação do Abade (Pai). Tudo na Regra é simplicidade e prudência, severidade e brandura, liberdade e sujeição. Os beneditinos espalharam-se pela Europa e converteram-se a Cristo, conservando a sua unidade religiosa. Por isso, São Bento foi proclamado por Paulo VI, em 1964, principal "Padroeiro da Europa".

Liturgia

I Leitura Pr 2, 1-9

Leitura do Livro dos Provérbios
Meu filho, se aceitares as minhas palavras, e guardares contigo os meus mandamentos, prestando atenção à sabedoria e inclinando o teu coração ao conhecimento da prudência; se suplicares a inteligência e pedires em voz alta a prudência; se andares à sua procura como ao dinheiro, e te lançares no seu encalço como a um tesouro; então compreenderás o temor do Senhor, e alcancarás o conhecimento de Deus. Porque é o Senhor quem dá a sabedoria, de sua boca procedem a ciência e o discernimento. Ele reserva o êxito aos retos. É um escudo para quem caminha com integridade, protege aquele que segue as veredas da justiça e guarda o caminho dos seus fiéis. Então conhecerás a justiça e o direito, a equidade e todo bom caminho.
Palavra do Senhor.
Graças à Deus.

Salmo 33

Evangelho Mt 19, 27-29

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus
Pedro tomou a palavra e disse a Jesus: "Vê! Nós deixamos tudo e te seguimos. O que haveremos de receber?" Jesus respondeu: "Em verdade vos digo, quando o mundo for renovado e o Filho do Homem sentar no trono de sua glória, também vós, que me seguistes, havereis de sentar-vos em doze tronos, para julgar as doze tribos de Israel. E todo aquele que tiver deixado casas, irmãos, irmãs, pai, mãe, filhos, campos, por causa do meu nome, receberá cem vezes mais e terá como herança a vida eterna."
Palavra da Salvação.
Glória a vós, Senhor.

ORAÇÃO DE SÃO BENTO


Crux Sacra Sit Mihi Lux
Non Draco Sit Mihi Dux
Vade Retro Satana Nunquam Suade Mihi Vana, 
Sunt Mala Quae Libas, Ipse Venena Bibas


A MEDALHA DE SÃO BENTO


A medalha de São Bento é um sacramental.

Na sua frente (onde tem a imagem do santo) está escrito:

Ó Deus, que com tantos e tamanhos privilégios honrastes a preciosa morte do gloriosíssimo patriarca São Bento, concedei, assim vo-lo pedimos, que à hora da nossa morte sejamos defendidos das ciladas do inimigo, pela presença daquele cuja memória celebramos. Por Jesus Cristo, Nosso Senhor. Amém 

Já no verso da medalha está escrito:

 cruz (vertical) - C S S M L = Crux Sacra Sit Mihi Lux = A cruz sagrada seja a minha luz

cruz (horizontal) - N D S M D = Non Draco Sit Mihi Dux = Não seja o dragão o meu guia
círculo em volta da cruz - V R S N S M V S M Q L I V B = Vade Retro Satana Nunquam Suade Mihi Vana, Sunt Mala Quae Libas, Ipse Venena Bibas = Retira-te Satanás, Nunca me aconselhes coisas vãs, É mau o que tu ofereces, Bebe tu mesmo o teu veneno.

Fonte: Missal Cotidiano e Mosteiro de São Bento Brasilia

São Bento, rogai por nós!

domingo, 8 de julho de 2012

Novena a Nossa Senhora do Carmo


Oração preparatória

Oh! Deus eterno, Padre, Filho e Espírito Santo! Prostrado em vossa adorável presença imploro misericórdia pelos méritos de vossa Filha predileta, Mãe soberana e Esposa santíssima, a excelsa Virgem Maria do Monte Carmelo, maternal protetora de todos os necessitados na vida, na morte e no purgatório. Ouvi-me, Senhor, nesta novena que a Ela consagro, e concedei-me o viver e morrer em vossa graça, para vos contemplar e bendizer eternamente na sua gloriosa companhia, Amém.


Oração a Nossa Senhora para todos os dias:

Rainha excelsa e Mãe terna do Carmelo, refúgio de todos os mortais! Aqui tendes aos vossos pés um pobre alma que em vós confia. olhai-me graciosa, escutai-me benigna e outorgai-me o favor que nesta novena venho pedir-vos. Se acaso não me convier esta súplica, espero que vossa bondade acolherá minha intenção e me dará alguma outra graça mais vantajosa e assim minha confiança em vós será por vós coroada. Com o espírito cheio de fé e esperança em vossa proteção vos saúdo e invoco com a Santa Igreja, dizendo uma SALVE RAINHA.

Primeiro dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Séculos antes de vosso nascimento vos prognosticou em figura o grande profeta Elias naquela misteriosa nuvenzinha que do mar do Carmelo subiu, se estendeu e cobriu de chuva copiosa a terra abrasada. Dignai-vos atrair para nós, pecadores, uma chuva de graças do Céu, cujo orvalho mude nossas almas em jardins de belas flores e ricos frutos espirituais; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Segundo dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Através dos tempos viveu constantemente nos sucessores de Elias, moradores do Carmelo, chamados Filhos dos Profetas, uma fervorosa fé em vossa futura Imaculada Maternidade Divina. Fazei que também reine em nossas famílias uma arraigada devoção para convosco, que seja fonte perene de felicidade para todos os lares; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Terceiro dia 
 
Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Correspondendo benignamente a tradicional devoção dos Carmelitas, vos dignastes visitá-los pessoalmente subindo no Carmelo para consolar com vossa presença e colóquios, aqueles, vossos fiéis servos, visitai espiritualmente também a nós, humildes devotos vossos e consolai-nos, enchendo-nos de vossas bênçãos; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Quarto dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Proclamando o Evangelho no dia de Pentecostes, eis os Carmelitas entre os primeiros que abraçam e, transformados em Apóstolos, saíram a prega-los aos judeus e gentios, inculcando-lhes, ao mesmo tempo, a vossa veneração, consagrando-vos no Carmelo o primeiro templo do mundo dedicado ao vosso nome. Multiplicai os Missionários ! Fazei que eles convertam os inúmeros infiéis que desconhecem ainda o Evangelho de Vosso Filho e levantem por toda parte igrejas onde sejais venerada; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Quinto dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Se muitos vos honraram vossos dedicados Carmelitas e fizeram que fosseis honrada por toda parte, menor não foi o meu carinho que lhes manifestastes, defendendo-os de inimigos que punistes com a morte e mandando ao Papa Honório III amparar resolutamente a vossa Ordem.
Protegei-nos, Mãe amorosa, contra tantos inimigos do corpo e da alma que nos combatem, pondo em perigo nossa salvação temporal e eterna; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Sexto dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Não vos contentando com as provas de amor dadas aos Carmelitas, quisestes outorgar-lhes ainda um dom singularíssimo de vossa predileção, a celestial libré de vosso Santo Escapulário, vínculo de amizade, graça e segurança especialíssima, não só para os religiosos do Carmo, como para todos os que o levam. Graças vos dou por favor tão insigne. Fazei com que todos queiram ser Confrades e protegidos pelo vosso sem igual Escapulário; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Sétimo dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Com inumeráveis favores e até mesmo com milagres demonstrastes mil vezes como Vosso Santo Escapulário é aliança de paz, salvação nos perigos e pacto sempiterno de vosso amor, por cujo motivo se gloriaram de levá-lo, sendo devotíssimo Confrades do Carmo, Papas e Reis, sábios e santos, nobres e plebeus, em suma todas as classes de fiéis, sem exceção. Concedei que achemos nesta vossa divisa um preservativo de todos os males e um manancial de benefícios de vosso maternal Coração; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Oitavo dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Uma das mais importantes graças de vossa Santo Escapulário é a que fizestes ao entregá-lo a São Simão Stock: ''Recebe, filho, este sinal de minha irmandade; quem morrer revestido dele, não padecerá o eterno'' Oh, generosas palavras que tanto alentam ao pobre pecador temeroso do inferno! Fazei, Mãe amorosa, que levando-o com devoção seja para mim um santo escudo, merecendo a dita suprema de morrer com ele e salvar-me; e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

Nono dia

Virgem do Carmo, Maria Santíssima! Muito ofereceis aos vossos queridos Carmelitas e Confrades ao prometer-lhes boa morte; mas ainda assim, não vos sentis satisfeita enquanto não os tiverdes ao vosso lado na glória; por isso extremastes vossa predileção, fazendo-lhes por meio do Pontífice João XXIII, a grande promessa sabatina, de liberá-los do purgatório no primeiro sábado ou quanto antes pondo deste modo o selo de ouro final em vossas larguezas materiais. Bendita seja tanta ternura e generosidade, oh Mãe sobre todas as Mães! fazei-nos dignos de viver bem, morrer melhor e sair logo do purgatório a fim de voarmos gloriosos para junto de vós no Céu e agora consegui-me o obséquio particular que nesta Novena vos peço (declara-se o favor desejado) e para mais grangear vossa benevolência, repito devotamente as palavras do Arcanjo; (3 Ave-Marias).
Termina-se o exercício com a seguinte invocação: Seja por todos bendita a Mãe de Deus, Santa Virgem do Carmelo! Sejamos por Ela abençoados na terra e no Céu! Amém.

Fonte: Canção Nova
 
Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Método Curto e Devoto, para assistir com fruto à Santa Missa

Era opinião de São João Crisóstomo, opinião aprovada e confirmada por Gregório, no quarto de seus Diálogos, que, no momento em que o padre celebra a Missa, os céus se abrem, e multidões de Anjos descem do Paraíso para assistir ao santo Sacrifício. São Nilo abade, discípulo do mesmo São Crisóstomo, afirma que via, quando este santo doutor celebrava, uma grande multidão daqueles espíritos celestes assistindo os ministros sagrados em suas augustas funções.

Eis o meio mais adequado para assistir com fruto à Santa Missa: consiste em irdes à Igreja como se fôsseis ao Calvário, e de vos comportardes, diante do altar, como o faríeis diante do trono de DEUS, em companhia dos Santos Anjos. Vede, por conseguinte, que modéstia, que respeito, que recolhimento são necessários para receber o fruto e as graças que DEUS costuma conceder àqueles que honram, com sua piedosa atitude, mistérios tão santos.

Entre os hebreus, enquanto se celebravam os sacrifícios da antiga Lei, nos quais se ofereciam apenas touros, cordeiros e outros animais, era coisa digna de admiração ver com quanto recolhimento, modéstia e silêncio o povo todo acompanhava. E, se bem que o número de assistentes fosse incalculável, além dos setecentos ministros que sacrificavam, parecia no entanto, que o templo estava vazio, pois não se ouvia o menor ruído, nem um sopro. Ora, se havia tanto respeito e veneração por esses sacrifícios que, afinal, não eram mais que uma sombra e figura do nosso, que silêncio, que atenção, que devoção não merece a Santa Missa, na qual o próprio Cordeiro Imaculado, o Verbo de DEUS, se imola por nós?!

Bem o compreendia Santo Ambrósio. No testemunho de Cesário, quando ele celebrava a Santa Missa, após o Evangelho virava-se para o povo e o exortava a um piedoso recolhimento e impunha a todos guardar o mais rigoroso silêncio, não só proibindo a menor palavra, mas ainda abstendo-se de tossir ou fazer qualquer ruído. E era obedecido. Quem quer que assistisse à Santa Missa do santo Bispo, sentia-se tomado de profundo respeito e comovido até ao fundo da alma, tirando assim grande proveito e acréscimo de graças.

Fonte: As Excelências da Santa Missa de Leonardo de Porto-Maurício

Santos Anjos e Arcanjos, intercedei por nós, para que saibamos assistir a Santa Missa com devoção!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...