Seguidores

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Dias Santos (ou de Guarda/Preceito)

Um dos mandamentos da Igreja é:

1 – Primeiro mandamento da Igreja:Participar da missa inteira nos domingos e outras festas de guarda e abster-se de ocupações de trabalho”.

E um dos 10 mandamentos é:

3°) GUARDAR DOMINGOS E FESTAS DE GUARDA (Ex 20,8-11)

Assim, se você falta a Santa Missa aos domingos ou em alguns desses dias de festas você está em pecado mortal e deve confessar para poder aproximar-se (receber) a Sagrada Eucaristia.

Na sua função de guia espiritual, a Igreja tem o dever de procurar que a nossa fé seja uma fé viva, de tornar vivas e reais para nós as pessoas e os eventos que constituem o Corpo Místico Cristo. Por essa razão, a Igreja marca uns dias por ano e declara-os dias sagrados. Neles recorda-nos acontecimentos importantes da vida de Jesus, da sua Mãe e dos santos, e realça essas festas periódicas equiparando-as ao dia do Senhor e obrigando-nos, sob pena de pecado mortal, a ouvir Missa e abster-nos do trabalho quotidiano na medida em que nos seja possível.

*O calendário da Igreja fixou dez desses dias, que são guardados na maioria dos países católicos, quais sejam, segundo o Código de Direito Canônico:

"Cân 1246 - Parágrafo 1. O domingo, dia em que por tradição apostólica se celebra o mistério pascal, deve ser guardado em toda a Igreja como o dia de festa por excelência. Devem ser guardados igualmente o dia do Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo, da Epifania, da Ascensão e do Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo, de Santa Maria, Mãe de Deus, de sua Imaculada Conceição e Assunção, de São José, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo, e, por fim, de Todos os Santos.
Parágrafo 2 - Todavia, a Conferência dos Bispos, com a prévia aprovação da Sé Apostólica, pode abolir alguns dias de festa de preceito ou transferi-los para o domingo."

Em alguns países não oficialmente católicos - em que o calendário de trabalho não reconhece essas festas -, estes dias, além dos domingos, reduzem-se a uns poucos.

Assim, no Brasil, além do domingo, são santos de guarda:

1) a Solenidade da Santíssima Mãe de Deus (1º de janeiro);
2) o Dia de Corpus Christi;
3) dia da Imaculada Conceição de Maria (08 de dezembro);
4) Natal (25 de dezembro).

Algumas solenidades que, no calendário geral da Igreja, têm uma data que não costuma coincidir com um feriado, foram transferidas para o domingo mais próximo, normalmente para o domingo seguinte, pela CNBB, com autorização da Santa Sé. Encontram-se nesses casos:

1) a Solenidade da Epifania do Senhor (06 de janeiro);
2) a Ascensão do Senhor (na quinta-feira, seguinte aos 40 dias após a Páscoa);
*3) Santos Apóstolos Pedro e Paulo (29 de Junho)
4) a Assunção de Maria (dia 15 de agosto);
5) o Dia de Todos os Santos (dia 1º de novembro).

*O dia de São José não teve sua celebração transferida para o domingo e NÃO É mais dia de preceito aqui no Brasil, permanecendo a sua celebração litúrgica.

*No livro A Fé Explicada, de Leo J. Trese, Editora Quadrante, 9 edição, 2005, na página 253, o autor diz que além do dia São José, não é mais de preceito o dia da Solenidade dos Apóstolos Pedro e Paulo:

"Além disso, há outros dois dias que, no calendário geral da Igreja, são de guarda, mas não o são no Brasil nem foram transferidos para o domingo: a solenidade de São José (19 de março), em que honramos o glorioso Patriarca, esposo da Virgem Maria, pai nutrício de Jesus e padroeiro da Igreja universal; e a solenidade dos Apóstolos São Pedro e São Paulo (29 de Junho), dedicada especialmente a São Pedro, príncipe dos Apóstolos, constituído por Cristo cabeça de toda a Igreja e o primeiro dos Papas."

Como a afirmação dele sobre a Solenidade de São Pedro e São Paulo não encontra apoio no Código de Direito Canônico, nem foi mostrado em qual documento ele se baseiou, resolvi colocar aqui como sendo de preceito, conforme consta no Cânon 1246 e na legislação da CNBB que complementa o Código de Direito Canônico.

O pe. Paulo Ricardo tratou sobre esse assunto, agora no dia 07 de maio de 2012, nos esclarecendo como devemos vivenciar e guardar os dias santos de guarda. Assista:



 Fonte: Código de Direito Canônico, livro A Fé Explicada de Leo J. Trese e Christo Nihil Praeponere
* Alterações efetuadas em maio de 2012.

11 comentários:

  1. Fui ler na Biblia sobre a referencia q vc colocou exod. 20:8-11, lá num fala de nada disso que comentar sobre - Guardar domingos e festas, quem disse isso mesmo na Bíblia? Lá encontrei foi "LEMBRA-TE DO DIA DE SÁBADO PARA SANTIFICAR." Rpaz leia mais a Bíblia e não siga preceitos de Homens e suas tradições e sim a verdade. Foi o próprio Deus que escreveu os seus mandamentos, cuidado ao mudá-los. Seja sincero e leia a Bíblia e assuma a sua verdade em sua vida.
    A Biblia diz "Meu povo perece por falta de conhecimento, e conhecimento da palavra de Deus."

    ResponderExcluir
  2. Danivaldo,
    Obrigada por postar a sua dúvida.
    Parece-me que você não é católico. A Igreja Católica não tem somente a Bíblia como fonte. Ela se baseia, além da Bíblia, no Magistério e na Tradição, vinda dos apóstolos.
    Os judeus observam o sábado, como manda o decálogo; já os cristãos, após a morte e ressurreição de Jesus, passaram a observar o domingo visto que foi nesse dia que Jesus venceu a morte, portanto, é o Dia do Senhor. Essa tradição é desde o tempo dos primeiros cristãos, dos apóstolos.

    ResponderExcluir
  3. Essa vai pra vc Danivaldo!

    Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal.(II São Pedro 1, 20)

    Nelas há algumas passagens difíceis de entender, cujo sentido os espíritos ignorantes ou pouco fortalecidos deturpam, para a sua própria ruína, como o fazem também com as demais Escrituras.(II São Pedro 3, 16)

    Depois de 1500 anos que Jesus funda sua Igreja nasce lutero distorcendo toda a Sagrada Escritura como vc e vossos pastores o fazem, nascendo assim como já estava escrito os falsos profetas!

    Assim como houve entre o povo falsos profetas, assim também haverá entre vós falsos doutores que introduzirão disfarçadamente seitas perniciosas. Eles, renegando assim o Senhor que os resgatou, atrairão sobre si uma ruína repentina.(II São Pedro 2,1)

    ResponderExcluir
  4. Adorei os comentários! Fico muito triste quando vejo uma pessoa como esse Danivaldo, que entra em um local de pessoas diferentes dele somente para ofender, alfinetar. Isso, para mim, além de ser muito feio, é preconceito e intolerância religiosa. Protestantes acham que somente eles tem o direito de professar sua doutrina ou qualquer outra coisa, qualquer coisa mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Gostei do blog, sou católica, faço parte de uma comunidade, e adorei o conteúdo daqui. bjs

    ResponderExcluir
  6. Salve Maria!
    Obrigada Franci.
    Que bom você ter gostado e poder tirar a sua dúvida.
    Deus a abençõe. abç

    ResponderExcluir
  7. Note-se porém, que a festa Católica mais importante do ano, a PASCOA, sequer é ccitada, por tratar-se do domingo.
    José Carlos , Católico, apostolico romano. podem criticsr à vontade, não vou mudar mesmo

    ResponderExcluir
  8. Adorei o blog.. estou comecando agora na igreja catolica e tenho uma duvida, antes de Jesus havia dias santos? Obrigada bjss Samara

    ResponderExcluir
  9. Salve Maria!
    Oi Samara,
    Bem vinda a Igreja Católica. Que bom vc ter gostado do blog, e espero poder te ajudar e se tiver alguma dúvida fique à vontade para perguntar.
    Temos que lembrar que antes de Jesus não existia o cristianismo e a Igreja Católica. Assim, os dias santos como conhecemos hj e relativos a Igreja não existiam, agora, dias considerados santos por outras religiões, como os judeos (da época de Jesus), com certeza existiam e existem.
    Que Deus abençõe e Nossa Senhora seja sua intercessora e um exemplo para vc. bjs

    ResponderExcluir
  10. Uma dúvida, a missa do dia 31 de Dezembro e do dia 1º de Janeiro também devem ser guardadas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Salve Maria!
      Oi Vittoria,
      Desculpe a demora em responder.
      O dia de preceito e que precisa ser guardado é o dia 01 de Janeiro, quando celebramos a Santa Mãe de Deus. O dia 31 de Dezembro NÃO É dia de preceito e, portanto, não é obrigado ir na Santa Missa nesse dia.
      Que Deus a abençõe e FELIZ ANO NOVO!!!
      Abç

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...