Seguidores

Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Oração a Nossa Senhora da Alegria

Murillo | Public Domain


Senhora, nos dias ensolarados e nas noites entreabertas, um sorrir sincero indique a alegria sempre em mim

Esta é uma oração para pedir a intercessão de Maria para que saibamos sorrir em todas as circunstâncias da vida, tendo em vista a fé em Cristo Ressuscitado.


Na calma deste momento,
furtando-me do corre-corre da vida, eu me recolho em Ti.

Senhora da Alegria, olha a minha audácia:
na singeleza da minha oração, eu te dou a minha alegria.

Como é bom ser alegre.
Obrigado Senhora! Foi teu dom.

Como é agradável ter a alma em paz.
Ela é tua também.

Como é maravilhoso ter a alma branda…
Razão de ser de toda alegria.

Senhora, nos dias ensolarados e nas noites entreabertas,
um sorrir sincero indique a alegria sempre em mim.

Que eu saiba sorrir a Ti em todas as circunstâncias da vida,
nas festas, nas tormentas, no meu próximo.

Sorria eu, Senhora, para aprender com os salmos
a servir à Senhora, na alegria.

Que assim seja em nome de Teu Filho,
Nosso Senhor Jesus Cristo.

Amém.

Fonte: Aletéia

Nossa Senhora da Alegria, rogai por nós!

domingo, 1 de agosto de 2021

Pensando em homeschooling? Faça estas 3 perguntas antes

Shutterstock
Zoe Romanowsky 

Dúvidas entre colocar os filhos na escola ou optar pela educação domiciliar? Responder a essas perguntas irá ajudá-lo(a) a decidir


Nos últimos 18 meses, os pais e mães foram de certa forma obrigados a se tornar homeschoolers — ou pelo menos supervisores da educação online de seus filhos, em decorrência da pandemia. E enquanto ainda muitas famílias esperam que as crianças voltem para a escola pessoalmente em tempo integral, outras descobriram que educar em casa acabou sendo melhor do que o esperado.

Há prós e contras em cada opção de escolaridade, e diferentes cenários funcionam melhor para diferentes crianças e famílias. De qualquer forma, aqui estão 3 perguntas a se fazer antes de se aprofundar no tema do homeschooling.

1. QUAIS SÃO OS MEUS MAIORES OBJETIVOS PARA O MEU FILHO(A) NO PRÓXIMO ANO LETIVO?

Esta é uma das perguntas mais importantes que você pode se fazer. Dependendo da idade e necessidades do seu filho(a), as respostas podem variar. Muitos pais que escolhem a educação domiciliar, particularmente aqueles com filhos pequenos, dizem que seu principal objetivo é promover o amor pela aprendizagem em seus filhos e adaptar mais a escolarização às necessidades da criança.

Com o homescooling, uma criança pode seguir seu próprio ritmo e dedicar tempo extra em áreas de seu interesse, seja música, arte, história, leitura, esportes, estudos da natureza, etc. Se as crianças pegam amor pelo aprendizado quando pequenas, elas geralmente mantêm essa qualidade pelo resto da vida.

Mas seu principal objetivo para seu filho(a) neste momento pode ser algo diferente: por exemplo, oferecer-lhe uma estrutura de sociabilidade e aprendizagem com outras crianças, assim, sua necessidade pode apontar para um ambiente escolar convencional.

Então, reserve um tempo para pensar sobre quais são seus principais objetivos para o seu filho no próximo ano letivo. E tenha essa última parte em mente — no próximo ano. Você não precisa fazer uma escolha para o resto da vida acadêmica deles; não há problema em tomá-la ano a ano, onde isso é possível.

2. TEMOS REALMENTE TODOS OS RECURSOS DE QUE PRECISAMOS?

Isso é importante porque não é fácil estudar em casa sem apoio: tanto para os pais homeschoolers quanto para as crianças em educação domiciliar. Hoje, nos EUA, há muitas maneiras de encontrar apoio — cooperativas e programas locais, grupos de mídia social, livros e sites, escolas e currículos on-line.

Mas seu filho é quem mais precisará de apoio: na forma de oportunidades sociais, amigos e outros que possam ajudar com sua educação.

Então, se você está tentando decidir se deve optar pelo homeschooling, junte-se aos grupos de apoio locais e converse com outras famílias que fazem o homeschooling, pois isso pode fazer uma enorme diferença na sua capacidade de decidir (e conseguir implementar com sucesso) o que é melhor para sua família.

3. ESTOU REALMENTE PRONTO(A) PARA ASSUMIR ESSA RESPONSABILIDADE?

Nossas expectativas para os próprios filhos geralmente são baseadas em como nós mesmos fomos criados e educados. Mas a educação domiciliar requer uma maneira diferente de pensar, uma mudança na forma como pensamos e implementamos a educação e aprendizagem.

A educação em casa exige que nós sejamos mais flexíveis, criativos e conectados. Exige ainda que estejamos muito bem preparados. Pode exigir que pensemos fora da caixa para atender às necessidades de nossos filhos, e pode exigir coragem porque nossa família e amigos próximos podem não entender nossa escolha. É aqui que a rede de suporte mencionada acima é útil — quando você conhece outras pessoas que optaram pela educação domiciliar, é mais fácil mudar sua atitude, expectativa e mentalidade.

De qualquer forma, seja qual for o sistema e modelo de educação, lembre-se de que não há uma maneira perfeita – as crianças podem aprender e ter sucesso em diferentes ambientes, e cada opção tem vantagens e desvantagens. Considere o que é melhor para toda a família, dadas as suas opções, e siga em frente com confiança, pedindo a Deus que lhe dê sabedoria e paciência enquanto se prepara para o próximo ano letivo.

Fonte: Aletéia

segunda-feira, 26 de julho de 2021

3 aparições oficialmente declaradas falsas pela Igreja

Antoine Mekary | ALETEIA


Entre elas, supostas aparições de Nossa Senhora no Brasil

Em tempos de “fake news”, não surpreende que muitas das alegadas aparições da Virgem Maria ou de santos como São José sejam falsas. Mas isso não é coisa apenas desta época: ao longo dos séculos, a Igreja avaliou incontáveis ​​revelações privadas e declarou a maioria delas como falsas.

São reconhecidos como merecedores de veneração somente os poucos relatos que se comprovaram autênticos e espiritualmente frutíferos após minuciosos e profundos estudos, não apenas realizados por autoridades eclesiásticas, mas também por analistas e cientistas laicos.

Processo rigoroso

O primeiro passo no processo de reconhecimento de uma determinada aparição é a aprovação do bispo da diocese em que vive o visionário. Um documento do Vaticano redigido em 1978 descreve os passos necessários para confirmar uma revelação privada:

Quando a Autoridade Eclesiástica for informada de uma suposta aparição ou revelação, será sua responsabilidade:

a) julgar o fato segundo critérios positivos e negativos;

b) se o exame resultar em conclusão favorável, permitir manifestação pública de culto ou devoção supervisionando-a com grande prudência (pro nunc nihil obstare).

c) enfim, à luz do tempo transcorrido e da experiência, com especial atenção à fecundidade dos frutos espirituais gerados a partir dessa nova devoção, expressar juízo quanto à autenticidade e caráter sobrenatural, se o caso assim justificar.

Somente a Santa Sé pode anular a decisão do bispo local – e, para reverter essa decisão, seria preciso comprovar-se algo grave, dado que já houve um processo de discernimento sério e abrangente.

Os 3 casos de revelações particulares que apresentamos a seguir foram registrados em tempos recentes e a Igreja os considerou inautênticos ou sem caráter celestial sobrenatural
Por isso, os fiéis são orientados a se distanciarem dessas supostas devoções:

1 – Itapiranga, AM, Brasil

Supostas aparições de Nossa Senhora, frequentemente acompanhada de São José, teriam sido testemunhadas por Edson Glauber a partir de 1994, no município brasileiro de Itapiranga, Estado do Amazonas. No início, as visões foram levadas em consideração de modo aberto e favorável pelo bispo local, mas, após investigações mais aprofundadas, a Igreja oficialmente as declarou inautênticas em fevereiro de 2017.

2 – Cleveland, Ohio, EUA

Maureen Sweeney Kyle teria tido várias visões e recebido mensagens supostamente celestiais, que, examinadas pelo bispo local, foram declaradas em novembro de 2009 como sem origem sobrenatural.

3 – Dublin, Irlanda

Uma mulher cujo pseudônimo era “Maria Divine Mercy” (“Maria Misericórdia Divina”) declarou ter recebido mensagens do Céu relativas a supostas profecias, mas, após estudá-las, a diocese as declarou em contradição com a doutrina católica. A suposta visionária chegou a publicar livros, em 2012, que continham o que ela chamava de “preparação para a Segunda Vinda” do Messias.

Fonte: Aletéia

Nossa Senhora e São José, rogai por nós!

sábado, 24 de julho de 2021

Meditação: Sobre a Beleza Feminina


"A beleza não é apenas uma fulgor, mas também uma harmonia: é a harmonia das proporções que constitui a perfeição. 

O homem que possuísse essa harmonia seria o homem perfeito. 

Mas existe na beleza da mulher uma expansão mais luminosa e uma graça mais delicada, que constituem o encanto (charme). Quer seja uma camponesa, uma rainha, uma grande dama ou uma simples operária, uma mulher pode sempre refinar-se mais que um homem e chegar a esta beleza harmoniosa dos gestos, ou mesmo das formas, que determinará seu charme particular. 

Não duvide de que aí se encontra uma virtude, em vez de uma vaidade, quando a beleza é empregada a serviço do bem e do aperfeiçoamento da alma. 

Tudo isso exige esforço, e um esforço é sempre um ato de virtude

Cultive, portanto, como afirma São Francisco de Sales, tanto seu rosto como seu coração, a fim de que o fogo que brota nesse coração ilumine seu rosto com o brilho celeste, semelhante àquele de Nossa Santíssima Mãe Maria, a mais bela dentre as muheres".


Fonte: A Imitação da Bem-Aventurada Virgem Maria

Nossa Senhora do Carmo, rogai por nós!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...