Seguidores

Pesquisar este blog

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Sacramento da Confirmação (ou Crisma)

Chama-se Crisma (nas Igrejas Orientais: Crismação), por causa do seu rito essencial, que é a unção. Chama-se Confirmação, porque confirma e consolida a graça batismal.

É um dos sacramentos da iniciação cristã e tem como efeito a especial efusão do Espírito Santo, como a de Pentecostes. Essa efusão imprime na alma um caráter indelével e produz um crescimento da graça batismal.

"Tendo ouvido que a Samaria acolhera a palavra de Deus, os Apóstolos, que estavam em Jerusalém, enviaram-lhes Pedro e João. Estes, descendo até lá, oraram por eles, a fim de que recebessem o Espírito Santo. Pois ele ainda não descera sobre nenhum deles, mas somente haviam sido batizados em nome do Senhor Jesus. Então começaram a impor-lhes as mãos, e eles recebiam o Espírito Santo". (At 8, 14-17)

Quem pode receber o Sacramento do Crisma?
Pode e deve recebê-lo, uma única vez, todo aquele que já foi batizado, professa a fé católica e ainda não é confirmado; devendo, para recebê-lo, encontrar-se em estado de graça, ou seja, sem pecado mortal, tendo aproximado-se do sacramento da penitência (confissão). (Can 889)

Com que idade deve-se receber o Sacramento do Crisma?
O Catecismo nos ensina que o fiel batizado pode receber o sacramento do crisma quando atingir a "idade de discrição" (07 anos completos) ou idade da razão. Porém, a Conferência dos Bispos pode determinar outra idade, aqui no Brasil cada Diocese deve determinar com que idade a criança/adolescente deve ser confirmado, entre os 12 e 16 anos. Em caso de perigo de morte a criança deve ser confirmada, independente da idade. (Can 891)

Por que se preparar para receber esse Sacramento?
A preparação serve para que o fiel conheça melhor a Igreja, Jesus e o Espírito Santo. A preparação deve servir para conduzir a uma união mais intima com Cristo e uma familiaridade maior com o Espírito Santo, sua ação, seus dons.

Esse Sacramento precisa de Padrinho/Madrinha?
Sim.
O padrinho/madrinha deve cuidar que o confirmado seja uma verdadeira testemunha de Cristo e cumpra com fidelidade as obrigações inerentes a esse sacramento (Can 892)
O ideal é que seja o mesmo do Sacramento do Batismo. (Can 893)
O padrinho ou madrinha deve ser: (Can 893 e 874)
a) católico confirmado,
b) maior de 16 anos,
c) já tenha recebido o Sacramento da Eucaristia
d) leve uma vida de acordo com a fé (católica) e o encargo que vá assumir,
Não podem ser padrinhos pessoas de outras religiões ou filosofias de vida, amasiados (união estável), divorciados, casados somente no civil ou em uma igreja de outra religião ou pessoas que não tenham uma conduta cristã condizente.e) não se encontre atingido por nenhuma pena canônica legitimamente irrogada ou declarada,
f) não seja pai ou mãe do confirmado (nem namorado, nem noivo);
g) ser solteiro ou casado na Igreja Católica;
h) deve ser um padrinho ou uma madrinha (homem ou mulher)
No caso do padrinho/madrinha não poder comparecer a celebração, o ausente pode delegar a sua presença, para isso basta estar informado do sacramento do crisma, dar o seu consentimento e concordar em que alguém o represente. O melhor é enviar o consentimento por escrito, mencionando o nome da pessoa que o representará, e o documento deverá ser apresentado ao sacerdote quando se marcar a cerimônia.
O ausente será o padrinho real e será dele o nome inscrito no registro; é ele ou ela quem assume a responsabilidade pelo afilhado(a).

Quem é o Ministro do Sacramento da Confirmação?
O ministro ordinário é o Ordinário do local (Bispo), podendo, delegar para um sacerdote ou outro Bispo.
Porém, se o fiel estiver em perigo de morte qualquer sacerdote pode conferir-lhe a confirmação. (Can 882 a 888)

Onde deve ser celebrado esse sacramento?
O Código de Direito Canônico determina que o sacramento da Confirmação deve ser celebrado na Igreja e dentro da Santa Missa; por causa justa e razoável pode ser celebrado fora da Igreja e em local digno (Can 881)

O rito essencial do Sacramento da Confirmação é a unção com o sagrado óleo do crisma, que se faz com a imposição da mão por parte do ministro que pronuncia as palavras sacramentais próprias do rito (Can 880). No Ocidente, essa unção é feita na fronte do batizado com as palavras: "Recebe por este sinal o dom do Espírito Santo".

O óleo do Crisma é um dos três óleos que o Bispo benze todos os anos na Missa dos Santos Óleos celebrada na Quinta-feira Santa, pela manhã. Os outros dois óleos são: o óleo dos catecúmenos (usado no Batismo) e o óleo dos enfermos (usado no Sacramento da Unção dos Enfermos). Todos os santos óleos são de azeite puro de oliveira.

9 comentários:

  1. sogra pode ser madrinha de crisma?

    ResponderExcluir
  2. Minha sobrinha pediu me para ser sua madrinha de crisma , visto nao ser casada pela igreja vai ter impemento?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim. tem que ser casada na igreja Católica.

      Excluir
  3. Já que recebeu o convite deveria ter a consciência que ainda não.É preciso levar uma vida de acordo com a fé católica.
    A fé católica nos pede que tenhamos uma vida de constante busca pelos sacramentos, se por algum motivo não escolheu viver o sacramento do Matrimonio quer dizer que não vive uma vida de acordo com o que a Igreja nos pede, até que regularize sua situação não pode comungar também, então como incentivará sua Sobrinha a estar em permanente vivência na Igreja e buscando constantemente os Sacramentos? É preciso ser exemplo, dar testemunho para testemunhar!
    Ninguém pode julgar o por que não escolheu se casar, para o matrimonio de quem já é casado no civil basta uma legitimação é preciso que o casal tenha um casal de padrinhos e o Padre e é possível se receber este sacramento sem custo algum!!! Mas a Igreja também não obrigada ninguém a se casar, tem que ser uma decisão livre, decisão de quem ama a Cristo e sua Igreja e quer viver de acordo com o que a Igreja nos pede, já que Católicos sejamos autênticos, obedientes e os primeiros a acreditar no Sacramento.

    ResponderExcluir
  4. o marido pode ser padrinho de crisma?

    ResponderExcluir
  5. Minha filha vai c rismar em Outubro e o Bispo não poderá realizar a missa.Isso pode?

    ResponderExcluir
  6. Não fiz a primeira comunhão,mais posso fazer a crisma???

    ResponderExcluir
  7. Minha amiga e eu vamos crismar no mesmo dia e a madrinha dela é a minha madrinha são a mesma isso pode?????

    ResponderExcluir

Comentário sujeito a moderação.
Perguntas podem ser respondidas em novas postagens, para saber, clique no Marcador: "Respostas"
Que Deus os abençõe.
Obrigada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...